Fatores de Risco

Antes de tomar uma decisão de investimento, os potenciais investidores devem considerar cuidadosamente todas as informações disponíveis neste website, em especial os riscos mencionados abaixo. Os negócios, situação financeira e resultados de operações do Banco ABC Brasil podem ser adversa e materialmente afetados por quaisquer desses riscos e, por conseguinte, impactar negativamente os títulos emitidos pelo Banco. Os riscos descritos abaixo são aqueles conhecidos pelo Banco ABC Brasil e que acredita-se podem afetar de maneira relevante o Banco. Riscos adicionais não conhecidos pelo Banco ABC Brasil ou irrelevantes também podem afetar os seus negócios.

1) Riscos Relativos às Atividades do Banco

O aumento da inadimplência dos tomadores de crédito do Banco ABC poderá afetar negativamente seus resultados.

O sistema de gerenciamento e controle de riscos do Banco pode não ser suficiente para evitar perdas.

O Banco ABC está altamente exposto ao risco de crédito do Governo Federal. Eventual impontualidade do Governo Federal no pagamento de suas obrigações poderá afetar negativamente sua situação financeira.

As operações do Banco com títulos e valores mobiliários e derivativos podem resultar em perdas substanciais.

Qualquer desequilíbrio entre a carteira de crédito do Banco ABC e suas fontes de recursos poderá afetar adversamente seus resultados operacionais e sua capacidade de ampliar suas operações de crédito.

Dificuldades na captação de recursos poderão afetar negativamente os resultados operacionais do Banco ABC.

O Banco está sujeitos a erros ou problemas operacionais que poderão afetar adversamente seus negócios, sua condição financeira e seus resultados operacionais.

A saída de membros da administração ou alta gerência do Banco ABC, ou a incapacidade de atrair e reter pessoal qualificado para integrar essas áreas, pode ter um efeito adverso relevante sobre o banco.

A saída ou falta de apoio do acionista controlador do Banco ABC em um cenário econômico de baixa liquidez poderá ter um efeito adverso em seus negócios.

Uma deterioração da classificação de crédito do Banco poderá aumentar os seus custos de captação, o que poderá lhe afetar de forma adversa.

Uma deterioração na qualidade de crédito dos sacados na carteira de garantia de recebíveis pode afetar de maneira adversa as operações de crédito a empresas do Banco ABC.

A capacidade do banco de cobrar os pagamentos oriundos de operações de crédito pessoal com consignação depende da eficácia e validade de convênios firmados com empregadores e entes do setor público.

2) Riscos Relativos ao Setor Bancário Brasileiro

Mudanças promovidas pelo Banco Central na taxa básica de juros podem afetar adversamente os resultados das operações do Banco ABC.

O Governo Federal regulamenta as operações dos bancos brasileiros e quaisquer modificações nas leis e nos regulamentos existentes ou a imposição de novas leis e regulamentos poderão afetar adversamente as operações e receitas do Banco.

Mudanças na legislação fiscal e previdenciária brasileira poderão afetar adversamente o Banco ABC.

O Banco poderá ter, no futuro, insuficiência de capital para se enquadrar nas regras de capital mínimo estabelecidas pelo CMN e pelo Banco Central, de tempos em tempos.

Determinadas medidas tomadas pelo Banco Central em relação a outras instituições financeiras podem afetar adversamente a confiança dos investidores e,conseqüentemente, ter um efeito adverso sobre o Banco ABC.

Mudanças nas exigências de depósitos compulsórios podem afetar a lucratividade do Banco.

O ambiente cada vez mais competitivo do setor bancário no Brasil e a crescente concorrência nos segmentos de Middle Market , Large Middle e Atacado poderão afetar adversamente as perspectivas de negócio do Banco ABC.

3) Riscos Relativos ao Brasil

O Governo Federal exerceu e continua a exercer influência significativa sobre a economia brasileira. Essa influência, bem como as condições políticas e econômicas brasileiras, podem afetar adversamente as atividades do Banco ABC e o valor de mercado das suas ações.

Acontecimentos e a percepção de riscos em outros países, sobretudo em países de economia emergente, podem prejudicar o preço de mercado dos valores mobiliários brasileiros, inclusive das ações do Banco.

A inflação e as medidas tomadas pelo Governo Federal para controlá-la poderão contribuir significativamente para a incerteza econômica no Brasil e afetar adversamente os resultados das operações do Banco ABC e o preço de mercado das suas ações.

A instabilidade na taxa de câmbio pode afetar adversamente os resultados das operações do Banco, bem como o valor de mercado das suas ações.

A aplicação de um limite sobre as taxas de juros de empréstimo bancário pode afetar o Banco ABC de forma adversa.

4) Riscos Relativos às Ações do Banco ABC Brasil

Um mercado de negociação ativo e líquido para as ações do Banco ABC poderá não se desenvolver, limitando a capacidade dos investidores de venderem essas ações pelo preço e no momento desejados.

O Banco possui um acionista controlador, sendo que interesses daquele acionista controlador poderão diferir dos interesses dos demais acionistas do Banco.

Vendas substanciais de ações do Banco ABC poderão reduzir o seu valor de mercado.

O Banco pode precisar de recursos adicionais no futuro, os quais podem ser obtidos por meio de aumentos em seu capital; tais aumentos de capital podem diluir a participação dos investidores no capital social do Banco.

Estrutura de Gestão de Risco - Banco ABC Brasil

Gestão de Risco – 1° trimestre 2011
Gestão de Risco – 2° trimestre 2011
Gestão de Risco – 3° trimestre 2011
Gestão de Risco – 4° trimestre 2011

Gestão de Risco – 1° trimestre 2012
Gestão de Risco – 2° trimestre 2012
Gestão de Risco – 3° trimestre 2012
Gestão de Risco – 4° trimestre 2012

Gestão de Risco – 1° trimestre 2013
Gestão de Risco – 2° trimestre 2013
Gestão de Risco – 3° trimestre 2013
Gestão de Risco – 4° trimestre 2013

Gestão de Risco – 1° trimestre 2014

Gestão de Risco – 2° trimestre 2014 - Relatório
Gestão de Risco – 2° trimestre 2014 - Anexo

Gestão de Risco – 3° trimestre 2014 - Relatório
Gestão de Risco – 3° trimestre 2014 - Anexo

Gestão de Risco - 4° trimestre de 2014 - Relatório
Gestão de Risco - 4° trimestre de 2014 - Anexos 1 e 2
Gestão de Risco - 4° trimestre de 2014 - Anexo 3

Estrutura de Gestão de Risco - 2015-16

Gestão de Risco - 1º trimestre de 2015 - Relatório
Gestão de Risco - 1º trimestre de 2015 - Anexos 1 e 2
Gestão de Risco - 1º trimestre de 2015 - Anexo 3

Gestão de Risco - 2º trimestre de 2015 - Relatório
Gestão de Risco - 2º trimestre de 2015 - Anexos 1 e 2
Gestão de Risco - 2º trimestre de 2015 - Anexo 3

Gestão de Risco - 3º trimestre de 2015 - Relatório
Gestão de Risco - 3º trimestre de 2015 - Anexos 1 e 2
Gestão de Risco - 3º trimestre de 2015 - Anexo 3

Gestão de Risco - 4º trimestre de 2015 - Relatório
Gestão de Risco - 4º trimestre de 2015 - Anexos 1 e 2
Gestão de Risco - 4º trimestre de 2015 - Anexo 3

Estrutura de Gestão de Risco - 2016-17

Gestão de Risco - 1º trimestre de 2016 - Relatório
Gestão de Risco - 1º trimestre de 2016 - Anexos 1 e 2
Gestão de Risco - 1º trimestre de 2016 - Anexo 3

Gestão de Risco - 2º trimestre de 2016 - Relatório
Gestão de Risco - 2º trimestre de 2016 - Anexos 1 e 2
Gestão de Risco - 2º trimestre de 2016 - Anexo 3

Gestão de Risco - 3º trimestre de 2016 - Relatório
Gestão de Risco - 3º trimestre de 2016 - Anexos 1 e 2
Gestão de Risco - 3º trimestre de 2016 - Anexo 3

Gestão de Risco - 4º trimestre de 2016 - Relatório
Gestão de Risco - 4º trimestre de 2016 - Anexos 1 e 2
Gestão de Risco - 4º trimestre de 2016 - Anexo 3

Gestão de Risco - 1º trimestre de 2017 - Relatório 
Gestão de Risco - 1º trimestre de 2017 - Anexos 1 e 2 
Gestão de Risco - 1º trimestre de 2017 - Anexo 3

Gestão de Risco - 2º trimestre de 2017 - Relatório 
Gestão de Risco - 2º trimestre de 2017 - Anexos 1 e 2  
Gestão de Risco - 2º trimestre de 2017 - Anexo 3

Gestão de Risco - 3º trimestre de 2017 - Relatório 
Gestão de Risco - 3º trimestre de 2017 - Anexos 1 e 2  
Gestão de Risco - 3º trimestre de 2017 - Anexo 3

 

Estrutura de Gestão de Capital - Banco ABC Brasil

 

[ TOPO TOPO ]